Portuguese English Spanish
Interface
Adjust the interface to make it easier to use for different conditions.
This renders the document in high contrast mode.
This renders the document as white on black
This can help those with trouble processing rapid screen movements.
This loads a font easier to read for people with dyslexia.
Busca Avançada
Você está aqui: Pesquisa » Laboratórios » Laboratório de Imunomodulação e Protozoologia

Laboratório de Imunomodulação e Protozoologia

O Laboratório de Imunomodulação e Protozoologia do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) realiza ações voltadas para pesquisa, ensino, desenvolvimento tecnológico, inovação e formação de recursos humanos nas áreas de biologia celular e molecular, imunologia celular e molecular, imunopatologia, imunodiagnóstico, imunoparasitologia e tratamento de doenças infecciosas e parasitárias, com ênfase em infecções por parasitos de macrófagos.

Enfocamos a da relação parasito-célula hospedeira com ênfase na imunidade celular associada na avaliação da resistência a infecções por Leishmania sp.T. cruzi e T. gondii. Além disso, estudamos a matriz extracelular nas infecções in vitro e in vivo por Leishmania sp., na infecção oral e infecções in vitro por T. cruzi, na toxoplasmose ocular murina e na doença inflamatória intestinal causada pelo Toxoplasma gondii.

Os estudos são realizados in vitro utilizando-se cultura de diferentes tipos celulares e in vivo no modelo murino. Desenvolvemos ainda ensaios de vacinação no modelo murino, empregando antígenos de Leishmania associados à imunomoduladores como o BCG e a ciclofosfamida.

Atualmente, em colaboração com um grupo de pesquisa da Universidade de Juiz de Fora, a ATPase apirase, detectada na membrana de Leishmania amazonensis, têm sido ensaiada como provável candidata a uma vacina contra a leishmaniose. Outra forte linha de investigação do laboratório envolve a caracterização de subpopulações celulares presentes nos processos inflamatórios causados pelo T. cruziLeishmania sp. e T. gondii.

O Laboratório atua ainda como Serviço de Referência Nacional e Regional em Diagnóstico Sorológico e Histopatológico para Leishmaniose Canina. Membros do Laboratório atuam ativamente em projetos Institucionais como comissões e câmaras técnicas. Alguns dos projetos de pesquisa do Laboratório são realizados em parceria com outros laboratórios do IOC, com a Universidade Estadual do Maranhão, a Universidade Federal de Juiz de Fora, o Laboratório Lychnoflora P&D em produtos naturais/USP, SESC Pantanal e a Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA).

Chefe do Laboratório de Imunomodulação e Protozoologia
Kátia da Silva Calabrese (Currículo Lattes)

Chefe substituto (a) do Laboratório de Imunomodulação e Protozoologia
Tânia Zaverucha do Valle (Currículo Lattes)