Portuguese English Spanish
Interface
Adjust the interface to make it easier to use for different conditions.
This renders the document in high contrast mode.
This renders the document as white on black
This can help those with trouble processing rapid screen movements.
This loads a font easier to read for people with dyslexia.
Busca Avançada
Você está aqui: Pesquisa » Laboratórios » Laboratório de Simulídeos e Oncocercose

Laboratório de Simulídeos e Oncocercose

 A atuação do Laboratório de Simulídeos e Oncocercose do Instituto Oswaldo Cruz (LSO/IOC/Fiocruz) está apoiada nos eixos da: pesquisa científica - envolvendo os Simulídeos, a Oncocercose, a Mansonelose e temas a eles relacionados; da prestação de serviços de referência nacional - em Simulídeos, Oncocercose e Mansonelose - LRN; e da prestação de serviços da Coleção de Simulídeos do IOC - CSIOC.

As ações nas áreas de entomologia de Simuliidae e agravos a eles relacionados, geram conhecimentos para a biodiversidade, importância médica e epidemiológica, resultando em importantes trabalhos científicos sobre taxonomia, morfologia, sistemática, controle, biologia, ecologia do grupo, parasitologia, vigilância, diagnósticos molecular e imunológico.

O LSO é habilitado, desde 2003, como Laboratório de Referência Nacional e Centro Colaborador pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde do Brasil - SVS/MS, constituindo uma rede interinstitucional colaborativa para apoiar inclusive outras ações de vigilância em saúde no âmbito dos Simulídeos, da Oncocercose, da Mansonelose e temas correlatos, onde é integrante do Programa Brasileiro de Eliminação da Oncocercose - PBEO. Sendo também integrante da rede colaboradora do Centro Colaborador da Organização Mundial de Saúde - OMS para o diagnóstico da Oncocercose - Universidade do Sul da Florida, EUA.

O LSO é responsável pela formação, manutenção e ampliação da Coleção Biológica de Simulídeos do Instituto Oswaldo Cruz - CSIOC, desde 1976, cujo acervo remonta as primeiras pesquisas sobre Simulídeos vetores da Oncocercose no Brasil, sendo testemunho do patrimônio genético da biodiversidade brasileira, com registro e guarda de material biológico de seus principais biomas e de todos os Estados do país.

Chefe do Laboratório de Simulídeos e Oncocercose
Ana Carolina dos Santos Valente (Currículo Lattes)

Chefe substituto (a) do Laboratório de Simulídeos e Oncocercose
Arion Tulio Aranda (Currículo Lattes)