Portuguese English Spanish
Interface
Adjust the interface to make it easier to use for different conditions.
This renders the document in high contrast mode.
This renders the document as white on black
This can help those with trouble processing rapid screen movements.
This loads a font easier to read for people with dyslexia.

vw_cabecalho_novo

Busca Avançada
Você está aqui: Notícias » Início de uma trajetória científica

Início de uma trajetória científica

A 29ª Reunião Anual de Iniciação Científica reuniu virtualmente jovens estudantes, pós-graduandos e pesquisadores para discutir jornada acadêmica, divulgação científica e desafios da Covid-19
Por Max Gomes e Kadu Cayres11/06/2021 - Atualizado em 28/06/2022

Sempre com a proposta de estimular a integração entre bolsistas, pesquisadores e estudantes dos Programas de Pós-graduação Stricto sensu, o Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) realizou, nos 07 e 09 de junho de 2021, a sua 29ª Reunião Anual de Iniciação Científica (RAIC).

Assim como na última edição, a iniciativa foi realizada de forma on-line e transmitida ao vivo pelo Canal do IOC no YouTube, devido ao distanciamento social recomendado pelas autoridades de saúde por conta da emergência sanitária provocada pelo SARS-CoV-2.

A mesa de abertura da edição contou com a presença da nova diretora do IOC, Tania Cremonini de Araújo-Jorge, da coordenadora do Programa de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic e Pibiti) da Fiocruz, Maria de Fatima Diniz Baptista; dos vice-diretores de Ensino, Informação e Comunicação do Instituto, Paulo Sérgio D’Andrea e Ademir Martins Júnior; e da coordenadora do Programa de Estágios Curricular do IOC, Elen Mello de Souza.

“A iniciação científica, para cada um que venha fazer, é uma espécie metamorfose. Eu iniciei minha trajetória como estudante de IC, em 1975, quando cursava medicina na UFRJ. Meus três primeiros trabalhos publicados são oriundos desta época. Então, deixo de recado para vocês que, os resultados obtido em projetos de IC podem ser uteis tempos depois. Digo isso por experiência própria”, comentou Tania C. Araújo-Jorge.

A programação do primeiro dia contou ainda com a palestra ‘Memórias de um (quase ex-) jovem pesquisador do IOC’, ministrada pelo ex estudante de IC e atual pesquisador do Laboratório de Biologia Estrutural do Instituto, Daniel Adesse, e com o painel ‘Diferentes trajetórias acadêmicas de alunos vigentes e egressos de Programas de Pós-graduação do IOC’, mediado pelo representante discente e doutorando do Programa de Pós-graduação em Biologia Celular e Molecular do IOC, Samuel Iwao Maia Horita.

Confira a íntegra das atividades do dia 07 de junho:

Manhã

Tarde

O tema 'Tecnologia e inovações em vacinas' deu início às atividades do segundo dia da 29ª RAIC. Mediado pela chefe do Laboratório de Biotecnologia e Fisiologia de Infecções Virais do IOC, Ada Alves, o painel ofereceu um panorama geral desses imunizantes, destacando suas diferentes formas de desenvolvimento e a importância de usar essa estratégia na prevenção de doenças.

A peculiaridade no enfrentamento do novo coronavírus também foi trazida para o debate, quando os palestrantes atribuíram a impressionante velocidade na elaboração de vacinas aos conhecimentos científicos acumulados ao longo da história e à singularidade da atual pandemia. Foi ressaltada, ainda, a participação da Fiocruz, por meio da unidade de Bio-Manguinhos, na produção de imunizantes contra a Covid-19.

Na parte da tarde, a ação de comunicar ciência entrou em foco na mesa mediada por Maurício Luz, pesquisador do Laboratório de Avaliação em Ensino e Filosofia das Biociências do IOC.

Foram abordados, de forma ampla, os cuidados e estratégias na criação de pontes para que o conhecimento desenvolvido em laboratório alcance as mais distintas camadas da sociedade de forma responsável, levando em consideração as diferentes bagagens de conhecimento e promovendo uma melhor aproximação da população com os assuntos científicos.

Concluindo o evento, diante da situação de emergência sanitária provocado pelo vírus SARS-CoV-2, a palestra de encerramento debateu questões de saúde mental relacionadas ao isolamento social. Robson Nascimento da Cruz, doutor em Psicologia pela Universidade Federal de Minas Gerais, abordou o tema com base nas crises e resistências dentro da vida acadêmica, tendo em vista a realidade da sociedade brasileira atual.

Confira a íntegra das atividades do dia 09 de junho:

Manhã

Tarde

A 29ª Reunião Anual de Iniciação Científica reuniu virtualmente jovens estudantes, pós-graduandos e pesquisadores para discutir jornada acadêmica, divulgação científica e desafios da Covid-19
Por: 
max.gomes
kadu

Sempre com a proposta de estimular a integração entre bolsistas, pesquisadores e estudantes dos Programas de Pós-graduação Stricto sensu, o Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) realizou, nos 07 e 09 de junho de 2021, a sua 29ª Reunião Anual de Iniciação Científica (RAIC).

Assim como na última edição, a iniciativa foi realizada de forma on-line e transmitida ao vivo pelo Canal do IOC no YouTube, devido ao distanciamento social recomendado pelas autoridades de saúde por conta da emergência sanitária provocada pelo SARS-CoV-2.

A mesa de abertura da edição contou com a presença da nova diretora do IOC, Tania Cremonini de Araújo-Jorge, da coordenadora do Programa de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic e Pibiti) da Fiocruz, Maria de Fatima Diniz Baptista; dos vice-diretores de Ensino, Informação e Comunicação do Instituto, Paulo Sérgio D’Andrea e Ademir Martins Júnior; e da coordenadora do Programa de Estágios Curricular do IOC, Elen Mello de Souza.

“A iniciação científica, para cada um que venha fazer, é uma espécie metamorfose. Eu iniciei minha trajetória como estudante de IC, em 1975, quando cursava medicina na UFRJ. Meus três primeiros trabalhos publicados são oriundos desta época. Então, deixo de recado para vocês que, os resultados obtido em projetos de IC podem ser uteis tempos depois. Digo isso por experiência própria”, comentou Tania C. Araújo-Jorge.

A programação do primeiro dia contou ainda com a palestra ‘Memórias de um (quase ex-) jovem pesquisador do IOC’, ministrada pelo ex estudante de IC e atual pesquisador do Laboratório de Biologia Estrutural do Instituto, Daniel Adesse, e com o painel ‘Diferentes trajetórias acadêmicas de alunos vigentes e egressos de Programas de Pós-graduação do IOC’, mediado pelo representante discente e doutorando do Programa de Pós-graduação em Biologia Celular e Molecular do IOC, Samuel Iwao Maia Horita.

Confira a íntegra das atividades do dia 07 de junho:

Manhã

Tarde

O tema 'Tecnologia e inovações em vacinas' deu início às atividades do segundo dia da 29ª RAIC. Mediado pela chefe do Laboratório de Biotecnologia e Fisiologia de Infecções Virais do IOC, Ada Alves, o painel ofereceu um panorama geral desses imunizantes, destacando suas diferentes formas de desenvolvimento e a importância de usar essa estratégia na prevenção de doenças.

A peculiaridade no enfrentamento do novo coronavírus também foi trazida para o debate, quando os palestrantes atribuíram a impressionante velocidade na elaboração de vacinas aos conhecimentos científicos acumulados ao longo da história e à singularidade da atual pandemia. Foi ressaltada, ainda, a participação da Fiocruz, por meio da unidade de Bio-Manguinhos, na produção de imunizantes contra a Covid-19.

Na parte da tarde, a ação de comunicar ciência entrou em foco na mesa mediada por Maurício Luz, pesquisador do Laboratório de Avaliação em Ensino e Filosofia das Biociências do IOC.

Foram abordados, de forma ampla, os cuidados e estratégias na criação de pontes para que o conhecimento desenvolvido em laboratório alcance as mais distintas camadas da sociedade de forma responsável, levando em consideração as diferentes bagagens de conhecimento e promovendo uma melhor aproximação da população com os assuntos científicos.

Concluindo o evento, diante da situação de emergência sanitária provocado pelo vírus SARS-CoV-2, a palestra de encerramento debateu questões de saúde mental relacionadas ao isolamento social. Robson Nascimento da Cruz, doutor em Psicologia pela Universidade Federal de Minas Gerais, abordou o tema com base nas crises e resistências dentro da vida acadêmica, tendo em vista a realidade da sociedade brasileira atual.

Confira a íntegra das atividades do dia 09 de junho:

Manhã

Tarde

Edição: 
Vinicius Ferreira

Permitida a reprodução sem fins lucrativos do texto desde que citada a fonte (Comunicação / Instituto Oswaldo Cruz)

Tags: