Portuguese English Spanish
Interface
Adjust the interface to make it easier to use for different conditions.
This renders the document in high contrast mode.
This renders the document as white on black
This can help those with trouble processing rapid screen movements.
This loads a font easier to read for people with dyslexia.

vw_cabecalho_novo

Busca Avançada
Você está aqui: Notícias » Instituto expressa posicionamento em defesa da ciência

Instituto expressa posicionamento em defesa da ciência

Em carta aberta, Diretoria do IOC repudia a ameaça de cortes orçamentários e manifesta compromisso com a geração de respostas para a sociedade
Por Jornalismo IOC15/10/2021 - Atualizado em 03/10/2022

Em carta aberta, a Diretoria do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) manifesta seu compromisso com a defesa do pleno exercício das atividades de pesquisa e ensino, frente à ameaça de corte de 92% dos recursos destinados à CT&I, a partir da aprovação do Projeto de Lei do Congresso (PLN) 16/21. A medida afetaria de forma importante o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e seus programas de fomento e de bolsas. A carta pública apoia manifestos de outras entidades – como, por exemplo, as ações do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à pesquisa – CONFAP e a carta de entidades componentes do FNCT encaminhada à Casa Civil.

Confira, abaixo, a íntegra do documento.

15 de outubro de 2021: defesa veemente da ciência

O Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), que há 121 anos mantém firme seu compromisso de responder às necessidades da sociedade em saúde, manifesta preocupação sobre a situação do Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) e do Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG) nesse final do ano de 2021. A notícia, amplamente divulgada na mídia, de que o Ministério da Economia do Governo Federal impôs um corte de 92% nos recursos destinados à ciência acelerou uma ampla mobilização em defesa da Ciência, que se concentra na data de hoje (15/10), e à qual o Instituto se soma. 

Em 27 de janeiro deste ano, o Conselho Deliberativo do IOC aprovou uma moção em defesa do financiamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT). Naquele momento, também foi forte a mobilização de toda a comunidade científica nacional, que culminou na aprovação da lei que impede o contingenciamento dos recursos do FNDCT, após a derrubada de veto do Presidente pelo Parlamento no primeiro trimestre do ano. Apesar disso, todos os segmentos envolvidos com fomento e na execução de projetos de pesquisa e inovação estão expressando publicamente sua preocupação com a situação atual, com as mudanças de última hora no PLN 16/2021 e a subtração de mais de R$ 690 milhões para outros ministérios. 

Além disso, temos acompanhado com apreensão os fluxos e refluxos do processo de avaliação quadrienal da pós-graduação brasileira, o que amplia o clima de insegurança em uma área na qual o IOC atua com dedicação e excelência. 

A garantia do papel estratégico da Ciência e da Tecnologia para a saúde da população, que ganha ainda mais ênfase no atual cenário de enfrentamento da pior crise sanitária da história mundial, demanda vigilância permanente em relação a possíveis ameaças. Por isso, neste dia 15/10, que marca o Dia dos Professores no centenário do patrono da educação brasileira, Paulo Freire, o Instituto está mobilizado para acompanhar as ações de abrangência nacional coordenadas pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Mais que um compromisso histórico, a defesa da Ciência e Tecnologia, da Saúde e da Educação é uma motivação para que possamos, cada vez mais, responder às necessidades da sociedade brasileira. 

Diretoria do Instituto Oswaldo Cruz

Em carta aberta, Diretoria do IOC repudia a ameaça de cortes orçamentários e manifesta compromisso com a geração de respostas para a sociedade
Por: 
jornalismo

Em carta aberta, a Diretoria do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) manifesta seu compromisso com a defesa do pleno exercício das atividades de pesquisa e ensino, frente à ameaça de corte de 92% dos recursos destinados à CT&I, a partir da aprovação do Projeto de Lei do Congresso (PLN) 16/21. A medida afetaria de forma importante o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e seus programas de fomento e de bolsas. A carta pública apoia manifestos de outras entidades – como, por exemplo, as ações do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à pesquisa – CONFAP e a carta de entidades componentes do FNCT encaminhada à Casa Civil.

Confira, abaixo, a íntegra do documento.

15 de outubro de 2021: defesa veemente da ciência

O Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), que há 121 anos mantém firme seu compromisso de responder às necessidades da sociedade em saúde, manifesta preocupação sobre a situação do Sistema Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) e do Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG) nesse final do ano de 2021. A notícia, amplamente divulgada na mídia, de que o Ministério da Economia do Governo Federal impôs um corte de 92% nos recursos destinados à ciência acelerou uma ampla mobilização em defesa da Ciência, que se concentra na data de hoje (15/10), e à qual o Instituto se soma. 

Em 27 de janeiro deste ano, o Conselho Deliberativo do IOC aprovou uma moção em defesa do financiamento do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT). Naquele momento, também foi forte a mobilização de toda a comunidade científica nacional, que culminou na aprovação da lei que impede o contingenciamento dos recursos do FNDCT, após a derrubada de veto do Presidente pelo Parlamento no primeiro trimestre do ano. Apesar disso, todos os segmentos envolvidos com fomento e na execução de projetos de pesquisa e inovação estão expressando publicamente sua preocupação com a situação atual, com as mudanças de última hora no PLN 16/2021 e a subtração de mais de R$ 690 milhões para outros ministérios. 

Além disso, temos acompanhado com apreensão os fluxos e refluxos do processo de avaliação quadrienal da pós-graduação brasileira, o que amplia o clima de insegurança em uma área na qual o IOC atua com dedicação e excelência. 

A garantia do papel estratégico da Ciência e da Tecnologia para a saúde da população, que ganha ainda mais ênfase no atual cenário de enfrentamento da pior crise sanitária da história mundial, demanda vigilância permanente em relação a possíveis ameaças. Por isso, neste dia 15/10, que marca o Dia dos Professores no centenário do patrono da educação brasileira, Paulo Freire, o Instituto está mobilizado para acompanhar as ações de abrangência nacional coordenadas pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Mais que um compromisso histórico, a defesa da Ciência e Tecnologia, da Saúde e da Educação é uma motivação para que possamos, cada vez mais, responder às necessidades da sociedade brasileira. 

Diretoria do Instituto Oswaldo Cruz

Permitida a reprodução sem fins lucrativos do texto desde que citada a fonte (Comunicação / Instituto Oswaldo Cruz)